Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Bianca? Sabrina? Até me admira a Samantha Fox nunca se ter lembrado de criar uma editora...

13.03.11publicado por Gato Pardo

Por vezes dou por mim a ter conversas estranhas ao telefone (não, já disse que aquele período da minha vida nas linhas eróticas foi só por uma semana e fui substituir um amigo que estava doente ok? Porra, que gente mais porca)...

Podia ser os diálogos com os bacanos do Barclays, mas não...Podiam ser os inquéritos da EDP Energia Renováveis, mas também não...Foi ter uma amiga a perguntar se eu me lembrava dos livros "Sabrina" e "Bianca"...

Ó chavala...Porra, caraças, chiça penico...Ainda se me perguntasses pelas FHM, Playboys ou o Borda D'água de Fevereiro de 1983, tudo bem...

Para os leitores que desconhecem que existiu um período literário pré Nicholas Sparks, nos anos 80 havia uns livritos de bolso (que suponho que em alguns casos, podia levar ao dito bilhar de bolso se algum homem corresse o risco de os ler) altamente românticos (de uma brutalidade tal, capaz de fazer o Sá Leão virar acólito...) que saciavam o imaginário feminino com enxurradas de sensações maravilhosas, tipo a barragem do Alqueva a verter amor por todos os centímetros de betão armado...

Para os leitores que julgavam que tinha sido o Nicholas Sparks a inventar a escrita melosa em que há sempre alguém a sofrer, outro alguém do seu passado que por mero acaso se cruza com ele e que a coisa descamba, lamento informar mas vocês andam com 30 anos de atraso na vossa leitura...

Ora bem...Então da colecção Bianca existem títulos tão fofinhos como "O casamento do Xeque" e "A noiva sequestrada do Xeque"...Portanto, um pouco como Anita meets porn meets Sex and The City...Anita e a viagem ao Dubai...Anita na caverna com os 40 ladrões...Anita com os cavalos dos 40 ladrões...Anita com a população de Marraquexe, o render da guarda e os 30 mil solteiros que iam a passar num cruzeiro que fazia escala no Nilo...Também houve um título que julgo, foi responsável pela adaptação cinematográfica do Brokeback Mountain..."O legado do Cowboy"...Embora com as devidas diferenças na escolha de casting...

Da colecção Sabrina curiosamente não encontro registos...No entanto podem estar a preparar a colecção Primavera/Verão, não sei...Mas uma colecção literária com nome de calçado, deixa algo a desejar...

Bem, na verdade estou aqui na palhaçada com isto, mas naquele tempo não havia muito melhor...Televisão limitada, de qualidade duvidosa, muito TV Rural, enfim...A nível de leitura, ainda andava a desfolhar almanaques do Tio Patinhas por esta altura (o que era o suficiente para me manter animado por semanas a fio).

Hoje em dia já não vejo por aí livros da Bianca...No entanto, vejo a Maria a desfolhar conselhos sexuais como se estivesse à caixa do McDonald's a entregar hambúrgueres...Vejo a Ana a dizer o desfecho dos próximos 300 episódios de TODAS as telenovelas que estão a ser emitidas em todos os canais televisivos desde a SIC até à Al Jazeera...E claro, a Caras e a Lux com entrevistas de pessoas que supostamente pertencem ao Jet Set (Jet quantas???) mas das quais nunca ouvi falar na vida (e em abono da verdade, nem quero!) o que significa que graças a deus, pertenço à ralé...O que é bom, porque não tenho dinheiro para comprar uma revista de tão alto gabarito...

Os anos 80 tinham coisas interessantes...Fogo, quase que sinto que estou a fazer concorrência ao Markl na caderneta de cromos...Descansa, Markl...Sou fã...

Luta luta, camarada luta...

06.03.11publicado por Gato Pardo

Bem, e parece que o tópico do dia é os Homens da Luta...

O meu mail, telemóvel e pombo correio privado foi invadido por pessoal que quer a minha opinião sobre o desfecho de ontem no festival RTP da canção...

Bem, segundo o que entendi, 50% da responsabilidade da votação final cabia ao júri e os outros 50% ao pessoal em casa que gastou os seus belos 0,60€ (mais IVA, não esquecer...), certo?

Então se é assim, para quê tanta celeuma...Já vi petições online com o intuito de revogar a decisão de serem uns dignos e justos vencedores baseados de que a música tem cariz político...Bem, se assim fosse suponho que nem sequer tinham pisado o palco como o ano passado, portanto parece-me um argumento pouco válido...Depois vejo comentários que afirmam que vamos fazer a figura mais triste dos últimos 30 anos com esta música...Voltamos a bater na mesma tecla...Mas a música não foi seleccionada à tangente pelo voto do público em casa? Então o povo decidiu que seria esta...Finito...Não me recordo de haver um festival da canção com tanta polémica quanto este e para ser franco, ainda não entendi o porquê de tanta conversa de palha...Parece que o wikileaks sempre tinha razão nos documentos que divulgaram da embaixada norte americana...Não só somos um país que gosta de ter brinquedos caros que não servem para coisa nenhuma (submarinos e afins) como sofremos dum tremendo complexo de inferioridade quando comparados a outros países...Até na m*rda do festival da Eurovisão...

Minha gente, aquilo foi um festival de cantigas, não foi Waterloo...Ganhem juízo!

E já agora, se estamos fartos de ser enrabados todos os anos com cantigas maravilhosas de odes ao mar, fado e sofrimento a jorrar das orelhas, porque não mudar um pouco a coisa?

Pode ser que ainda haja muita gente a engolir os maus fígados quando se vir a tabela final da pontuação no Festival da Eurovisão...Mas é que juro que me partia a rir...Afinal de contas, qualquer lugar é melhor que o último lugar...E a esse, já estamos habituados faz tempo...

Resposta sem franquia divina...ou RSF para os amigos!

06.03.11publicado por Gato Pardo

Já recebi coisas estranhas por correio...

Cartões de crédito não solicitados, contas também elas não solicitadas (que são basicamente todas, mas as ditas entidades teimam em mandá-las),  até bonecas insufláveis (esta ainda não sei se solicitei ou não, pode ter sido numa daquelas noites muito bem regadas...)...Agora, TERÇOS???

Receber um terço por correio, com um postal RSF de Nossa Senhora de Fátima a solicitar um donativo não é para todos...Mas caraças, ela melhor que ninguém devia saber que:

 

1 - Não sou o mais devoto dos católicos, principalmente com os preços a que estão as portagens na A1 e o alojamento em Fátima para ir ao santuário.

2 - Com este penteado, não passo por católico em lado nenhum...Barram-me a entrada em tudo o que é capelinha (tirando aqueles que servem o néctar do demónio...)!

3 - Que raio de newsletters é que eu ando a solicitar para Nossa Senhora me enviar semelhante artefacto?

4 - Isto é ela a gozar comigo por ter falado de freiras nuas, não é? Só pode...

5 - Hum, bem vistas as coisas isto até é capaz de ser útil para algum tipo de role play sexual...Nunca se sabe...

Questões capilares...

05.03.11publicado por Gato Pardo

...é que estava mesmo convicto que era desta que o Euromilhões já cá marchava...

Até fui aos chinocas comprar pirotecnia em 18ª mão para comemorar e nada...Raios parta!

Bem, à falta de motivos para comemorar, deixem-me então escrever aqui umas patacoadas para ver se afogo as mágoas de não ser o mais recente excêntrico de Portugal (já sou doido, portanto só me falta a excentricidade mesmo...mas não tipo Joaquim Monchique...Isso é demais!)

Uns bons posts atrás, escrevi que homem que é homem vai ao barbeiro e não ao coiffeur (que na realidade significa...barbeiro, mas de um forma tão france-chique que parece nome de pequeno almoço numa patisserie em Montmartre ( de notar que consegui empregar palavras francesas sem recorrer ao google translator, o que comprova que as minhas viagens a Paris finalmente serviram para alguma coisa, para além de estourar dinheiro no Moulin Rouge...Olha, mais duas...Fantástico!)...

Bem, a verdade é que mandei o meu barbeiro de sempre plantar couves lombardas e troquei-o por um cabeleireiro todo XPTO...Bem, na realidade não tive outra opção porque o meu barbeiro foi plantar couves para o purgatório, porque o homem já tinha 300 anos...Paz à sua alma...

Então e o que é que me levou a trocar o barbeiro tradicional que fala de futebol em altos berros, insulta os clientes que não são do clube dele e fuma 3 SG Gigantes enquanto faz do nosso couro cabeludo cinzeiro por um cabeleireiro onde tenho música chillout, me perguntam ao detalhe como é que quero a trunfa cortada e cadeiras onde provavelmente poderia hibernar durante uns bons meses se me deixassem (e se o meu metabolismo abrandasse o suficiente...)?

Isso mesmo...Não faço a p*ta da mínima ideia...Bem, também não é bem assim...Este fim de semana quando fui ao desbaste, a primeira coisa que ouvi foi "Bem, Sr. Gato...Mais um pouco e já dava para fazer rabo de cavalo..."

E dava mesmo...Não sei, devia ser uma fase Pearl Jam, grunge, anos 90 mas de fato e gravata...Very, very strange...

Protocolo de desbaste capilar do gato, versão salão metrossexual...

 

- A lavagem da trunfa...10 minutos em que tive uma menina a massajar-me o cabelo de tal maneira que mentalmente tive orgasmos múltiplos com cheiro a menta (do champô, não fiquem a pensar que ela estava a mascar pastilha e coiso e tal, ok?)

- O sentar na cadeira enquanto ela colocava tesouras de todos os tamanhos, feitios, serrotes, motosserras, armadilhas para ursos...Sério, aquilo parecia os filmes do Saw, mas com maior diversidade de artefactos...

- O desbaste em si...Eu sou daqueles gatos que tenho sempre a nítida sensação que entro ali cheio de estilo capilar e saio de lá com o verdadeiro cabelinho à fod*-se...Perfeito demais...O meu cabelo tem personalidade (ao contrário do dono, que compensa em ego...), mesmo que seja uma péssima personalidade...Mas enfim...Em menos de 24 horas já consegui destruir umas parcela significativa do trabalho que a menina teve (o penteado certinho foi à vida, já parece que estive no epicentro de um tornado de classe 5, as pontas ontem tão certinhas, hoje parecem saídas do programa de centrifugação duma máquina de lavar de última geração (daquelas de 3200 RPM) e a franja (franja???Mas eu lá tenho franja, pá???Mas eu tenho pinta de Beatriz Costa alguma vez???) que a bem dizer, nunca existiu (mas ela embirrou que sim), agora é mesmo inexistente...É como os dinossauros...Nunca ninguém viu um (pilhas de ossos não contam...Se isso conta, tive um cão que teve um T-Rex na casota durante anos a fio...) vivo da silva, portanto não há pão para malucos...

- Ah, e o melhor de tudo...O destilar de ódio no olhar do gajo que chegou depois de mim, tudo porque o cabelo que lá deixei dava para fazer 4 capachinhos do dele...É fabuloso quando conseguimos fazer com que as pessoas nos odeiem, mesmo quando não nos esforçamos para isso...É um talento inato...É como o teatro...As pessoas não escolhem o teatro, o teatro é que escolhe as pessoas...

:)

Quando é que um gato nota que está na iminência de um esgotamento?

01.03.11publicado por Gato Pardo

- Quando o stock de tabaco cá do burgo esgota e em abono da verdade, estou-me bem a marimbar para isso!

- Quando já vejo o fundo à garrafa de Antiqua e tudo o que mais desejo é um belo copo de água del cano...

- Quando vejo gajos na estrada que se metem à má fila e eu não só dou passagem como até aceno...Grave, muito grave...

- A piéce de résistance...A minha psiquiatra telefona a desmarcar a consulta...Acreditem, caros leitores...Quando é a nossa psiquiatra a abdicar do dinheiro de uma consulta, das duas uma...Ou está a nadar em dinheiro e pode-se dar ao luxo de escolher os clientes que quer atender ou conhece-me demasiado bem e sabe que vem por aí um ciclone de tal ordem que ela prefere manter a sua pouca sanidade mental do que tratar da minha...

:)

Pág. 2/2